quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

show me the Money - 2ª parte

aqui vai a 2ª parte de dicas para não comprometer o seu orçamento e casar com tudo o que mereçe e quer !

  • Detalhes e mais detalhes
planear um orçamento é fundamental isto porque os detalhes de última hora, fazem muitas vezes disparar os números. Analise com calma o que pretende, qual será o foco principal do seu casamento, seja exigente nos detalhes que marcarão em definitivo o seu casamento.
Convites – laços e laçinhos podem encarecer a festa ! opte pelo clássico, mas use bom papel – os bejes, crú e branco estarão sempre em alta. Com o que poupa invista no programa do casamento é um detalhe bonito e elegante acrescentando o factor surpresa.
Lembranças – se é muito boa a “craftar” e lhe sobra tempo, escolha um bom projecto e avance, se não é o caso, esqueça ! procure com calma, invista em criatividade, bons materiais - aposte numa lembrança que recorde sempre a quem recebeu, o bom que foi estar com vocês numa data tão importante. Prendas de frigorífico nem pensar !
Para os meninos ... nada de mini garrafas, se ainda têm margem, um bom charuto é o indicado, não tem que ser o mais caro e pode ser mini. Embrulhe bem (importantíssimo) uma fitinha na cor do casamento e uma bonita etiqueta basta.
Imagens – os pacotes (muitas vezes) só são atractivos no nome ... prescinda da quantidade e procure um conceito de imagem, aproveite os momentos felizes - fim da cerimónia, recepcção, brindes. Procure um profissional que entenda o seu desejo, fuja do standard (já pensou que significado tem as fotos tiradas no quarto de solteira a entrada para o carro ou outras que tais ?), defina um tempo máximo, escolha previamente o (s) local (s) e explique claramente o que pretende em termos de produto final. Se por acaso encontrar um fotografo que seja a sua cara, siga os seus conselhos técnicos mas mantenha no horizonte o seu projecto.


  • The Dress, sapatos, jóias e outros ...
representam entre 10 a 15% do orçamento total, portanto, mão de ferro. Concentre-se no tipo de vestido com que sempre sonhou, seleccione fotos e exclua em definitivo os que não batem à primeira. Escolha com o coração e não porque viu algo igual ... se lhe arrancou um sorriso, uma palpitação não desista só porque afinal pertence à colecção do ano passado. O que interessa é que seja a sua cara, que se sinta confortável, bonita e que lhe assente como uma 2ª pele – se sentiu isso é o seu !
Tudo o que seja contrário a isto é caríssimo e péssimo investimento.
Use a net sem receios, mas antes procure saber quem lhe poderá eventualmente, fazer alguns ajustes.
Menos é mais ... vestidos com muitos detalhes aumentam os euros.
Não prescinda de bom corte, bom tecido – uma boa relação preço/qualidade é fundamental.


  • Quinta, restaurante, hotel, local público, casa
cada sítio como tudo na vida tem prós e contras. As quintas foram moda, mas a verdade é que cada vez mais se ouvem vozes queixosas – decoração inexistente, má vontade, espaços com falta de condições e preços exorbitantes. Mas nem tudo é mau, existem felizmente bons locais que primam pela competência e simpatia. Restaurantes, como cada vez mais, os casamentos levam menos convidados existe uma oferta hoje em dia muito interessante (e mais barata) é só procurar. Os hoteis talvez sejam uma solução mais cara mas têm boas salas, pessoal competente e se bem localizados é hipotese a considerar. Local público, a oferta aumenta de ano para ano, nas cidades mais facilmente, no campo menos – considerar os custos em conjunto com o catering mais decoração. Em casa, a solução do momento, por todas as razões e mais uma – o que se poupa no aluguer do espaço, distribui-se por outras rubricas. Já escrevemos sobre este assunto e os pedidos não param de aumentar. Para quem deseja uma festa intimista, em total relax e à sua maneira, esta é a solução. Não esquecer o orçamento catering, aluguer de material e decoração.


se achou interessante algumas destas dicas e pretende mais detalhes é só contactar-nos, prometemos responder.
Boas escolhas!

Sem comentários:

Enviar um comentário